E-book

Thumb_manual-da-destruicao

Manual da destruição

Alexandre Dal Farra

Romance de estreia do dramaturgo, ganhador do 25º Prêmio Shell de melhor autor. Marcada por uma análise corrosiva do eterno conflito de classes brasileiro, esta narrativa ácida é contada pelo ponto de vista de um personagem à beira de um surto psicótico, em um retrato excruciante, cômico e incômodo dos nossos preconceitos.

Thumb_deus-e-o-estado

Deus e o Estado

Mikhail Bakunin

Escrito em 1871, Deus e o Estado é um texto fundamental para a compreensão do pensamento de Bakunin. O método dialético, o evolucionismo e o naturalismo, o papel da ciência, os conceitos de liberdade e de livre-arbítrio e o materialismo são comentados no texto, que é fragmento do livro O império cnuto-germânico e a revolução social, extraído e publicado, ainda no século XIX, primeiramente por Carlo Cafiero e Élisée Reclus, e, posteriormente, por Max Nettlau.

Thumb_poesia-vaginal-cem-sonnettos-sacanas

Poesia vaginal – cem sonnettos sacanas

Glauco Mattoso

Poesia vaginal – cem sonnettos sacanas, de Glauco Mattoso, possui, nas palavras do próprio (e em sua grafia particular) “o differencial e o ineditismo [em relação às outras seleções da minha obra] de sahir de uma tara especifica e incluir todos os temas do pornô classico”. Ou seja, tudo o que se imagina que se faz na cama – e muito do que não se imagina...

Thumb_oliver-twist

Oliver Twist

Charles Dickens

Oliver Twist, um dos maiores clássicos da literatura inglesa, foi publicado originalmente em forma de capítulos seriados, nos anos 1830. Isso explica a história ser cheia de “ganchos”, ou situações de suspense, que se resolvem no capítulo seguinte. O resultado é um livro dramático, baseado na dura infância do autor, repleto de ação, emoção e peripécias, que envolvem o pequeno órfão Oliver Twist, e também o leitor.

Thumb_lulismo-carisma-pop-e-cultura-anticritica

Lulismo, carisma pop e cultura anticrítica

Tales Ab'Saber

Como explicar o sucesso político quase hegemônico do governo Lula ao final de seu segundo mandato? Aqui, o psicanalista e ensaísta Tales Ab'Saber faz um balanço das condições políticas e da natureza do pacto social realizado naqueles oito anos, que impulsionou a renovação do carisma do líder petista.

Thumb_o-chamado-selvagem

O chamado selvagem

Jack London

Buck, um robusto cão são-bernardo, vivia feliz em um sítio onde não era necessário defender seu território. Porém, sua vida muda totalmente quando um dos empregados do lugar o sequestra e vende para mineradores no Alasca. Como Buck é forte e peludo, se torna um cão de trenó, submetido a condições extremas, acossado pela violência dos homens, do ambiente e de outros cães.

Thumb_odisseia

Odisseia

Homero

Este poema épico, aqui traduzido por um dos tradutores literários mais prolíficos do século XIX, narra as peripécias vividas por Odisseu em seu retorno de Troia para sua Ítaca natal, onde anseia por rever seu filho Telêmaco e a esposa Penélope. Depois de errar por dez anos, impedido por Posido de retornar para casa, o herói do poema tem que vencer a prepotência dos pretendentes, que permanecem no palácio e dilapidam os bens da família.

Thumb_o-horror-de-dunwich

O horror de Dunwich

H.P. Lovecraft

O horror de Dunwich é uma novela essencial ao ciclo mítico de Cthulhu. Em 1913, no vilarejo de Dunwich, a albina Lavinia Whateley dá à luz um menino com feições de bode, filho de um pai desconhecido. Wilbur causa espanto devido a seu desenvolvimento de rapidez sobrenatural. Em seus estudos, ele descobre Necronomicon — o temível compêndio de sabedoria oculta escrito pelo árabe louco Abdul Alhazred.

Thumb_o-chamado-de-cthulhu

O chamado de Cthulhu

H.P. Lovecraft

O conto que dá nome à coletânea é um dos grandes clássicos do horror do século XX. O livro reúne ainda outros seis textos, escritos ao longo da vida do autor, desde sua estreia literária com "Dagon” até pouco antes de sua morte. Contém o inédito “A música de Erich Zann”, considerado pelo próprio Lovecraft um de seus melhores escritos. No apêndice, o leitor encontrará ainda uma carta do escritor ao amigo R.Michael, em que fala sobre sua personalidade e sua vida, e um artigo em que discute o método que empregava na criação de seus contos.