100 com 50

Thumb_saga-dos-volsungos

Saga dos Volsungos

Anônimo

Expoente das sagas míticas islandesas, esta obra anônima foi redigida na Islândia do século XIII, mas advém de narrativas muito mais antigas. Narra os feitos e os padecimentos dos heróis da linhagem real dos Volsungos, principalmente a vida do herói Sigurd, que mata o dragão Fafnir e se envolve num trágico triângulo amoroso com a valquíria Brynhild e o rei Gunnar. 

Thumb_iracema

Iracema

José de Alencar

Uma das obras mais conhecidas de José de Alencar, Iracema é uma história de amor, contada por meio de elaborada linguagem, a fim de compor um projeto literário de raízes nacionais. Trata-se concretamente do encontro entre Martim e Iracema ou ainda no plano simbólico entre Europa e América.

Thumb_o-chamado-de-cthulhu

O chamado de Cthulhu

H.P. Lovecraft

O conto que dá nome à coletânea é um dos grandes clássicos do horror do século XX. O livro reúne ainda outros seis textos, escritos ao longo da vida do autor, desde sua estreia literária com "Dagon” até pouco antes de sua morte. Contém o inédito “A música de Erich Zann”, considerado pelo próprio Lovecraft um de seus melhores escritos. No apêndice, o leitor encontrará ainda uma carta do escritor ao amigo R.Michael, em que fala sobre sua personalidade e sua vida, e um artigo em que discute o método que empregava na criação de seus contos. 

Thumb_elogio-da-loucura

Elogio da loucura

Erasmo de Rotterdam

Publicado pela primeira vez diretamente do latim, Elogio da loucura, 1511, é uma sátira escrita por um dos maiores humanistas do Renascimento. 

Thumb_a-velha-izerguil-e-outros-contos

A velha Izerguil e outros contos

Maksim Górki

A mescla de elementos românticos e realistas que fizeram do Górki um dos maiores nomes da grande literatura russa já marca esta coletânea de histórias curtas de sua fase inicial. “A velha Izerguil”, “Makar Tchudrá”, “Tchelkach”, “Boles” e “Os compadres”, além disso, lançam um olhar renovado sobre as caracterizações literárias das classes populares do vasto império russo.

Thumb_a-cruzada-das-criancas-vidas-imaginarias

A cruzada das crianças / Vidas imaginárias

Marcel Schwob

A cruzada das crianças, publicado em 1896, utiliza crônicas medievais para discorrer sobre um grupo de crianças que teriam marchado até Jerusalém. Vidas imaginárias, da mesma época, tem como protagonistas filósofos, escritores, escravos, soldados, piratas e criminosos, aos quais o autor reinventa a partir de documentação histórica.

Thumb_sobre-a-amizade-e-outros-dialogos

Sobre a amizade e outros diálogos

Jorge Luis Borges e Osvaldo Ferrari

Nesse conjunto de conversas, o leitor encontrará, entre outras, a maneira como Borges lembra a chegada do homem à Lua, com uma infinita alegria, genuína e oceânica. O autor fala também sobre como Júlio Verne e H.G.Wells, embora escrevessem ficção científica, não puderam jamais acreditar que esse feito se realizaria.

Thumb_o-retrato-de-dorian-gray

O retrato de Dorian Gray

Oscar Wilde

Único romance e obra mais conhecida de Oscar Wilde, O retrato de Dorian Gray acabou por tornar-se também argumento na acusação que levou o escritor à prisão. Publicado na vigência do moralismo vitoriano, o livro e seu autor foram acusados de influenciar negativamente a juventude inglesa e de propor uma vida mundana e desregrada.

Thumb_a-sombra-de-innsmouth

A sombra de Innsmouth

H.P. Lovecraft

Única obra do autor publicada em vida, que apresenta ao leitor os horrores de um universo onde aberrações monstruosas ameaçam o futuro da espécie humana. A história é o perturbador relato de um jovem que, durante uma viagem pela Nova Inglaterra, vê-se obrigado a passar uma noite em Innsmouth – o vilarejo portuário em ruínas que não consta em nenhum mapa e esconde um mistério tão profundo quanto as águas que o banham. O apêndice do volume contém uma carta de Lovecraft a Alvin Earl Perry, na qual expõe um método para a narração de histórias e discute a insatisfação que sentia em relação ao mercado editorial, e uma árvore genealógica dos principais personagens da novela concebida especialmente para esta edição.