A terra uma só (Timóteo da Silva Verá Tupã Popyguá)

    R$ 44,00 R$ 44,00 44.0 BRL

    R$ 44,00

    Option not available

    This combination does not exist.

    COMPRAR
    24 Unidade(s) 


    O livro do segmento Guarani da Coleção Mundo Indígena, A terra uma só (Yvy Rupa), foi escrito por Timóteo da Silva Verá Tupã Popygua, liderança guarani, para pessoas de todas as idades, contando o que aprendeu e pensou nos caminhos que percorreu pela Mata Atlântica, na América do Sul, junto ao seu povo Nhande’i va’e, conhecidos também como Guarani Mbya. As narrativas dos Guarani Mbya sobre a origem da terra, do ser humano, da linguagem humana e dos animais e plantas da Mata Atlântica foram documentadas e traduzidas pela primeira vez por León Cadogan em Ayvú Rapyta. Cadogan dedicou-se por mais de 40 anos à defesa dos direitos dos Guarani Mbya, por quem foi apelidado de Tupa Cuchuví Vevé. Ao longo de mais de uma década, o autor Timóteo e a organizadora Anita Ekman leram e discutiram as traduções do Avvy Rapta de Cadogan. Inspirada pelos poéticos comentários de Timóteo (que contrastava com o material de Cadogan e as histórias que havia escutado de seus avós e líderes espirituais), bem como sua necessidade de documentar e divulgar a luta pela terra Guarani e a preservação da Mata Atlântica (Ka’a porã), Ekman incentivou Timóteo ao desafio de ser o primeiro Guarani Mbya a contar diretamente em português, sem intermediário de um jurua (não indígena), sua versão da história do mundo e do seu povo.

    ISBN: 9788577155156

    Format: 14.0x20.0

    Peso: 0.06

    Páginas: 78

    O livro do segmento Guarani da Coleção Mundo Indígena, A terra uma só (Yvy Rupa), foi escrito por Timóteo da Silva Verá Tupã Popygua, liderança guarani, para pessoas de todas as idades, contando o que aprendeu e pensou nos caminhos que percorreu pela Mata Atlântica, na América do Sul, junto ao seu povo Nhande’i va’e, conhecidos também como Guarani Mbya. As narrativas dos Guarani Mbya sobre a origem da terra, do ser humano, da linguagem humana e dos animais e plantas da Mata Atlântica foram documentadas e traduzidas pela primeira vez por León Cadogan em Ayvú Rapyta. Cadogan dedicou-se por mais de 40 anos à defesa dos direitos dos Guarani Mbya, por quem foi apelidado de Tupa Cuchuví Vevé. Ao longo de mais de uma década, o autor Timóteo e a organizadora Anita Ekman leram e discutiram as traduções do Avvy Rapta de Cadogan. Inspirada pelos poéticos comentários de Timóteo (que contrastava com o material de Cadogan e as histórias que havia escutado de seus avós e líderes espirituais), bem como sua necessidade de documentar e divulgar a luta pela terra Guarani e a preservação da Mata Atlântica (Ka’a porã), Ekman incentivou Timóteo ao desafio de ser o primeiro Guarani Mbya a contar diretamente em português, sem intermediário de um jurua (não indígena), sua versão da história do mundo e do seu povo.

    • ISBN : 9788577155156
    • Formato 200.0 x 140.0
    • Peso 91.0
    • Páginas 78
    • Disponível em 2016-01-10
    • Book status