O novo epicuro: as delícias do sexo

Edward Sellon

Publicado em 1865, por uma das gráficas de Holywell Street – nessa época o epicentro das editoras pornográficas da Londres vitoriana –, teve a maior parte da sua primeira edição confiscada e destruída pela “Sociedade para a Supressão do Vício” inglesa.

O livro foi escrito como um pastiche da literatura erótica do século XVIII, ostentando a falsa data de edição de “1740”. Trata-se de um romance epistolar, em que um nobre, Sir Charles, dirige cartas a várias de suas amantes, pondo-as a par de suas mais recentes aventuras eróticas, em geral dedicadas à iniciação sexual de jovenzinhas.


Aviso ao leitor: Este livro é parte da coleção Clássicos da Literatura Erótica e contém descrições explícitas de práticas consideradas tabus. Não recomendável para menores de 18 anos.

Ficha técnica

Número de páginas
126
ISBN
9788577151950
Encadernação
Brochura
Peso
0.129 kg
Ano de lançamento
2010

Compartilhe