Manual inútil da televisão e outros bichos curiosos

Paulo Henrique Amorim

  O Manual inútil da televisão e outros bichos curiosos reúne as mais diversas histórias que o jornalista Paulo Henrique Amorim construiu durante sua carreira como repórter televisivo junto a todo o tipo de figuras midiáticas.

Idealizado com base no capítulo Manuais para televisão, parte de seu último livro O quarto poder, também publicado pela Hedra em 2015, junta o manual — um resgate de seu raciocínio anterior dos manuais de instruções básicas a qualquer profissional de televisão (o Manual de Português para a televisão, ao repórter, ao cinegrafista e ao editor de imagem) — ao inútil — por serem sugestões formuladas a partir de sua experiência como apresentador/âncora televisivo e em coberturas no exterior, ao acompanhar equipes de tevês americanas (sem jamais conseguir aplicá-las ao voltar a trabalhar no Brasil e chefiar equipes).

Os episódios aqui listados — envolvendo personagens como Tom Jobim, Lula, Pelé, Madonna, Martinho da Vila, Roberto Marinho, Marilyn Monroe, Dilma Rousseff, José Serra, Collor, Ana Hickmann, Galvão Bueno, Princesa Diana, Fidel Castro, Cid Moreira, Pedro Bial, William Bonner, entre outros — são elementos de uma narrativa sobre o funcionamento da televisão brasileira: ou como um repórter da televisão brasileira a acompanha.

A serventia dos manuais tornou-se de absoluta inutilidade. A televisão e sua equipe de apoio, segundo Paulo Henrique Amorim, não se encaixaram em suas ideias. Restou-lhe o consolo, todavia, “de a televisão ser... bem... como diz o Steven Spielberg, it’s only television”.

Ficha técnica

Número de páginas
214
ISBN
9788577155187
Encadernação
Brochura
Peso
0.29 kg
Ano de lançamento
2016

Compartilhe