José Soares (1914-1981) nasceu próximo a Campina Grande, no Estado da Paraíba. Publicou seu primeiro folheto, "Descrição do Brasil por estados", aos catorze anos. Especializou-se na reprodução em versos de notícias e neste segmento obteve sucessos, como "A renúncia de Jânio Quadros", com 60 mil exemplares vendidos, "O assassinato de Kennedy", que vendeu mais 40 mil cópias, além de seu maior sucesso "A morte de bispo de Garanhuns, Dom Expedito Lopes", que vendeu 108 mil exemplares só em Pernambuco.

<<Sobre a literatura de cordel>> A literatura popular em verso passou por diversas fases de incompreensão e vicissitudes no passado. Ao contrário de outros países, como o México e a Argentina, onde esse tipo de produção literária é normalmente aceita e incluída nos estudos oficiais de literatura.

Apesar da maciça bibliografia crítica e da vasta produção de folhetos (mais de 30 mil folhetos de 2 mil autores classificados), a literatura de cordel – cujo início remonta ao fim do século XIX – continua ainda em boa parte desconhecida do grande público, principalmente por causa da distribuição efêmera dos folhetos.

Ficha técnica

Número de páginas
160
ISBN
9788577150571
Encadernação
Brochura
Peso
0.114 kg
Ano de lançamento
2001

Compartilhe