Cordel - F. das Chagas Batista

F. das Chagas Batista

Francisco das Chagas Batista (1882 - 1930), grande cordelista (não era cantador), nasceu em Teixeira, e faleceu em João Pessoa - PB. A partir de 1902, escreveu e editou muitos folhetos seus. Câmara Cascudo, Orígenes Lessa e outros enaltecem-no. Foi também sonetista e parodista. Deixou os livros "A lira do poeta", "Poesia escolhidas" e "Cantadores e poetas populares", este a primeira antologia no gênero.

Era irmão do cantador Antônio Batista Guedes, este, bisavô do violonista Raphael Rabello. Casou-se com sua prima Hugolina Nunes da Costa, foi pai de doze filhos, dos quais sete poetas. Livreiro editor, montou a Popular Editora, que divulgou o cordel no Nordeste.

<<Sobre a literatura de cordel>> A literatura popular em verso passou por diversas fases de incompreensão e vicissitudes no passado. Ao contrário de outros países, como o México e a Argentina, onde esse tipo de produção literária é normalmente aceita e incluída nos estudos oficiais de literatura.

Apesar da maciça bibliografia crítica e da vasta produção de folhetos (mais de 30 mil folhetos de 2 mil autores classificados), a literatura de cordel – cujo início remonta ao fim do século XIX – continua ainda em boa parte desconhecida do grande público, principalmente por causa da distribuição efêmera dos folhetos.

Ficha técnica

Número de páginas
152
ISBN
9788577150588
Encadernação
Brochura
Peso
0.131 kg
Ano de lançamento
2003

Compartilhe