4 resultados para “Fernando R. de Moraes Barros”

Thumb_a-filosofia-na-era-tragica-dos-gregos

A filosofia na era trágica dos gregos

Nietzsche, um crítico mordaz da cultura ocidental, defende neste livro a tese de que os pensadores anteriores a Platão foram os únicos a compreender a dimensão trágica das forças que regem a vida dos homens (trata-se de um dos textos mais importantes sobre a filosofia pré-socrática). Se costumamos atribuir a Sócrates o início da filosofia, Nietzsche sugere, aqui, que talvez ela tenha justamente terminado com ele.

Thumb_razao-sangrenta

Razão sangrenta

Lançado na Alemanha em 2004, esta obra consiste numa reunião de quatro ensaios de Robert Kurz, originalmente publicados, respectivamente, nos números 25, 26, 27 e 13 da revista alemã Krisis: “Vinte teses contra o assim chamado Esclarecimento e os ‘valores ocidentais’” (2002), “Ontologia negativa” (2003), “Tábula Rasa” (2003) e “Dominação sem sujeito” (1993). Apesar do intervalo temporal que poderia dar a impressão de um certo distanciamento entre os três primeiros e o último dos textos, eles se encontram intimamente ligados e o laço comum que os une é a crítica ao Esclarecimento ou Iluminismo.

Thumb_sobre-verdade-e-mentira

Sobre verdade e mentira

Nesta obra, Nietzsche investiga o alcance efetivo da linguagem, sobre a qual se assenta todo o conhecimento da civilização ocidental. Para ele, a confiança do homem moderno no poder das palavras se funda no esquecimento de algo que era evidente quando as criou: elas são apenas uma metáfora para as coisas e jamais poderiam encarnar o seu significado.

Thumb_classicos-da-filosofia-universal-caixa

Clássicos da filosofia universal [Caixa]

O combo Clássicos da filosofia universal reúne alguns dos maiores nomes e obras de todos os tempos. Estes quatro livros de bolso estão entre as melhores traduções já feitas destes títulos e contam com cuidadosos e elucidativos apêndices: