2 resultados para “Danilo Paiva Ramos”

Thumb_circulos-de-coca-e-fumaca

Círculos de coca e fumaça

Danilo Paiva Ramos

Círculos de coca e fumaça debruça-se sobre os Hupd’äh, povo indígena falante de língua Hup que vive na região do Alto Rio Negro, no noroeste da Amazônia. Suas rodas noturnas para ingerir coca e tabaco - momentos de compartilhar mitos e histórias de andanças pela mata, ensinar benzimentos e executar curas e proteções xamânicas - são o principal cenário do livro. Nessas situações, Paiva Ramos percebeu performances, contextos em que os ameríndios relacionam suas experiências e observações da mata com as palavras dos mitos e encantamentos. A partir dessa interação, o viajante hup consegue interagir com seres de múltiplas paisagens e expandir seu campo de percepção, em um engajamento mútuo com os processos de transformação do mundo.

Thumb_os-cantos-do-homem-sombra

Os cantos do homem-sombra

Os Hupd’äh têm muitas histórias sobre a gente-sombra. Os homens e mulheres-sombra são muito perigosos e usam roupas coloridas — além de caçar e fazer mal aos Hup. Uma dessas roupas tem cor de sombra, daí seu nome. A gente-sombra causa doenças e pode até matar. Eles comem a carne e o espírito dos humanos. Mas muitos deles são sábios e conhecem cantos, mitos e benzimentos. Os cantos do homem-sombra é a história do encontro de um Hup com um homem-sombra chamado Way Naku.