4 resultados para “August Strindberg”

Thumb_gente-de-hemso

Gente de Hemsö

August Strindberg

Estrondoso sucesso desde sua primeira publicação, em 1887, este romance é considerado uma das obras-primas de Strindberg. Foi concebido, nas palavras do próprio autor, para reconquistar seu público, depois de uma fase marcada pela polêmica e pelo ostracismo literário. Primeira tradução integral para o português, direta do sueco.

Thumb_inferno

Inferno

August Strindberg

Publicada em 1897, esta é a descrição de uma crise psicótica sofrida pelo autor enquanto vivia em Paris. Mais do que a narrativa autobiográfica de uma grave crise pessoal, Inferno suscita também uma fascinante discussão sobre os processos de criatividade artística e sua relação com os estados de sanidade ou loucura. É uma a obra chave para entender Strindberg.

Thumb_senhorita-julia-e-outras-pecas

Senhorita Júlia e outras peças

August Strindberg

Três peças do período de produção naturalista de Strindberg, escritas entre 1887 e 1889: Senhorita Júlia, O pai e Credores, esta última inédita em português. As peças deste volume foram traduzidas diretamente do sueco com ênfase na fluência e na naturalidade do texto, de modo a facilitar sua montagem cênica.

Thumb_sagas

Sagas

August Strindberg

Sagas, neste livro de Stringberg, não são os feitos épicos dos grandes heróis, nem as longas narrativas do folclore escandinavo. Há aqui lugar para o herói mínimo, obscuro e até para o anti-herói. Os textos não deixam de ser fábulas, por seu conteúdo moral. E são contos, de estilo personalíssimo, que antecipam a literatura fantástica dos nossos dias.