A fábrica de robôs

Karel Tchápek

Um cientista descobre a fórmula capaz de dar vida a máquinas de aparência humana, gerando um desequilíbrio radical no modo de produção e tornando a mão de obra humana obsoleta. Essas “criaturas” artificiais, desprovidas de sentimentos e criatividade, passam a exercer todas as atividades braçais, com consequências nefastas para os homens.

A palavra “robô”, cujo significado em tcheco é “servidão: trabalho forçado”, e que seria incorporada em quase todas línguas, foi cunhada e usada pela primeira vez na peça de Tchápek.

Ficha técnica

Número de páginas
148
ISBN
9788565206174
Encadernação
Brochura
Peso
0.234 kg
Ano de lançamento
2012

Compartilhe